Dez 20

Vacinas. O que muda em Janeiro?

O novo Programa Nacional de Vacinação entra em vigor em Janeiro, confirmou ontem a Direção-Geral da Saúde. E as alterações são significativas.

As mulheres que estejam grávidas, entre as 20 e as 36 semanas de gestação, passam a ser vacinadas contra a tosse convulsa.

A BCG contra a tuberculose passar a ser administrada apenas a crianças e adultos com o risco de desenvolver determinadas doenças, O mesmo acontece com a vacina contra a meningite B.

As crianças de cinco anos vão levar a segunda dose da vacina combinada contra o sarampo, a parotidite epidémica e a rubéola. Cinco anos depois, as raparigas irão fazer a primeira dose da vacina contra infeções pelo HPV (vírus do papiloma humano).

O reforço contra o tétano, difteria e tosse convulsa em adultos e adolescentes também vai sofrer alterações: a primeira dose é administrada aos 10 anos, com os reforços a serem dados aos 25, 45 e 65. A partir daí, a vacina é administrada de 10 em 10 anos.

Artigo visto em: Vacinas. O que muda em janeiro? (jornal i)

Deixe uma resposta

Your email address will not be published.