Dez 16

Taxas Euribor caem a 3, 9 e 12 meses registando novo mínimo no prazo mais curto

euribor

As taxas Euribor caíram hoje a três, nove e 12 meses, no prazo mais curto para um novo mínimo, e mantiveram-se a seis meses em relação a terça-feira.

Taxas Euribor caem a 3, 9 e 12 meses registando novo mínimo no prazo mais curto

A Euribor a três meses, em terreno negativo desde 21 de abril passado, foi fixada em -0,133%, novo mínimo de sempre e menos 0,001 pontos percentuais do que na terça-feira.

A taxa Euribor a seis meses, a mais utilizada em Portugal nos créditos à habitação e que desceu para terreno negativo pela primeira vez a 06 de novembro, manteve-se hoje inalterada em -0,041% e acima do mínimo de sempre de -0,051% verificado a 03 de dezembro.

Depois de ter sido fixada em valores negativos entre 27 de novembro e 03 de dezembro, a Euribor a nove meses também desceu hoje para 0,004%, menos 0,001 pontos percentuais do que na terça-feira. O valor mínimo de sempre é de -0,013% e também se verificou a 03 de dezembro.

A taxa Euribor a 12 meses desceu hoje para 0,059%, menos 0,001 pontos do que na véspera e acima do valor mais baixo desde sempre, de 0,039%, registado a 03 de dezembro.

Os atuais valores mínimos das Euribor a seis, nove e 12 meses foram registados no mesmo dia, mas foram fixados antes da reunião do Banco Central Europeu (BCE) sobre política monetária da zona euro, da qual resultou entre outras decisões, a do prolongamento do programa de compra de dívida até pelo menos março de 2017.

As Euribor são fixadas pela média das taxas às quais um conjunto de 57 bancos da zona euro está disposto a emprestar dinheiro entre si no mercado interbancário.

Artigo visto em: Taxas Euribor caem a 3, 9 e 12 meses registando novo mínimo no prazo mais curto (Económico)

Deixe uma resposta

Your email address will not be published.