Mar 07

Nova associação apoia financiamento de ‘startups’

Americo-Ribeiro

Acaba de ser criada a Net Mentora Lisboa, uma associação sem fins lucrativos que apoia empreendedores. O financiamento para cada projeto é um empréstimo até 30 mil euros sem juros e que não exige garantia bancária. Além disso, o empreendedor terá apoio de um mentor durante 3 a 5 anos. Em contrapartida, é obrigação da nova empresa criar postos de trabalho.

 

A Net Mentora Lisboa é a extensão portuguesa de uma rede que nasceu na década de 80 em França: a Reseau Entreprendre. Esta rede conta com 113 associações em nove países (Portugal, França, Bélgica, Espanha, Suíça, Itália, Tunísia, Marrocos e Chile). Globalmente, a média de criação de postos de trabalho por cada projeto apoiado, num prazo de cinco anos, é de 12 empregos.

Em 2016, o primeiro ano de vida da Net Mentora Lisboa, queremos apoiar 6 projetos, sendo que a partir de 2017, o objetivo é apoiar entre 10 a 12 empreendedores por ano, refere, num comunicado enviado ao Boas Notícias, Sandra Pinheiro Matos, Diretora Executiva da associação em Portugal.

92% dos projetos apoiados alcançam sucesso

A taxa de sucesso dos projetos apoiados por esta rede, após três anos de acompanhamento, é bastante elevada, com 92% das iniciativas a manterem-se em atividade. Estes números são também um objetivo para a rede em Portugal, um país onde em 2014 foram criadas 35 mil empresas, mas onde a média de sobrevivência ao fim de 3 anos é de apenas 35%. Um indicador que foi mais um incentivo para abrir a Net Mentora em Portugal.

Para cada empreendedor que venha a ser ajudado, o apoio humano e financeiro está disponível a todos os empreendedores sem custo, para que todos os seus recursos sejam aplicados no projeto.

Os membros das empresas que constituem a Net Mentora vão reunir mensalmente com os novos empreendedores, para os ajudarem com todas as matérias que fazem parte do dia-a-dia de uma empresa. O tempo dos empresários é doado a custo zero, como ação de responsabilidade social.

A associação Net Mentora de Lisboa é atualmente gerida por um Comité de Pilotagem presidido pelo Diretor-geral do Grupo Auchan, Américo Ribeiro, com o apoio de outros empresários portugueses e franceses, assim como pela organização internacional da Reseau Entreprendre.

Artigo visto em: Nova associação apoia financiamento de ‘startups’ (BOAS NOTÍCIAS)

Deixe uma resposta

Your email address will not be published.